Violência doméstica deixou 107 crianças órfãs de mãe

criancas orfas

No mesmo dia, Joana viu o pai esfaquear mortalmente a mãe e a irmã, atacá-la no peito com uma faca e mutilar-se a ele próprio antes de a GNR entrar no apartamento da família em Soure. A adolescente de 13 anos ficou com um pulmão perfurado, mas ontem a sua situação clínica estava a evoluir favoravelmente. Como Joana, nos últimos dois anos a violência doméstica deixou 107 crianças órfãs de mãe, revelam dados da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta. "É um número brutal, e ninguém sabe o que lhes acontece", disse ao i Elisabete Brasil, … [Ler Mais...]

Justiça desconhecia limite ao recurso aos tribunais

Paula Teixeira da Cruz

Descontrolo governativo! Ministério começou ontem o dia a negar e acabou a admitir que alteração estava no OE/2015. O Ministério da Justiça desconhecia que o Orçamento do Estado para 2015 (OE/2015) limita o recurso de decisões fiscais a acções acima de cinco mil euros quando agora o limite é de 1.250 euros. Esta alteração vai impedir muitos … [Ler Mais...]

Número de crianças em instituições em Portugal “é uma anomalia sem paralelo na Europa”

criancas institucionalizadas

Por ocasião do 25º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança,procuradores, psicólogos, médicos e especialistas de várias áreas estiveram reunidos numa conferência dedicada ao tema Os Direitos da Criança - Prioridade para quando? que terminou esta terça-feira em Lisboa. Em Portugal, das 8500 crianças retiradas das suas famílias, 8142 estão … [Ler Mais...]

Na cama com o juíz

Bruno Nogueira

Há gente que merece uma enxada na mão em vez de com caneta! Bruno Nogueira explica! … [Ler Mais...]

Eduardo Paz Ferreira. “Sou uma viúva de François Hollande”

Eduardo Paz Ferreira

Cidadão nascido nos Açores e europeísta convicto, é o que a badana do livro reza sobre o autor do livro "Da Europa de Schuman à Não Europa de Merkel". Eduardo Paz Ferreira é, com o seu humor, sagacidade e ironia, um dos maiores críticos desta Europa realmente existente e um dos maiores defensores de uma utopia continental. Se o sonho vale sempre, … [Ler Mais...]

Falemos, então, da dívida

Augusto Santos Silva

Acompanho a sugestão da ministra das Finanças de um debate sobre a dívida pública. Assinalo e saúdo a mudança de opinião do Governo: há três meses, a propósito do manifesto subscrito por 74 personalidades, o primeiro-ministro defendeu que um tal debate enfraqueceria a posição nacional. Para que ele seja útil, é preciso ter em conta certos factos. … [Ler Mais...]

Os privilégios da virtude

Tartuffe

Imagine o leitor que é uma pessoa famosa, com nome na praça. Imagine o leitor que isso se deve não só a um cargo de destaque que ocupou durante vários anos, mas sobretudo às suas intervenções públicas vigorosas, que lhe valeram a reputação de paladino dos fracos e de campeão dos descamisados. Imagine ainda o leitor que isso o torna numa … [Ler Mais...]